Educação Financeira

Controle financeiro eficiente: passo a passo descomplicado para realizar o seu

Por
Voltar

O controle financeiro é um elemento indispensável para realizar seus sonhos. Afinal, com ele, você aprende a lidar com suas finanças — pessoais ou empresariais — de forma correta. Ainda, pode evitar diversos problemas que poderiam colocá-lo em uma posição indesejável.

Além disso, o controle traz a possibilidade de economizar seu dinheiro e até mesmo multiplicá-lo. Logo, ajuda a construir um caminho que o levará a concluir os seus planos mais rapidamente. Para tanto, é importante saber como elaborar e executar seu planejamento.

Neste artigo, você acompanhará um passo a passo que pode ajudá-lo no controle financeiro pessoal e empresarial de forma descomplicada. Confira!


Baixe gratuitamente o nosso simulador de investimentos


O que é o controle financeiro?

O controle financeiro é a prática de registrar, examinar, planejar e acompanhar as finanças pessoais ou empresariais. A partir daí, é possível garantir o equilíbrio entre necessidades e desejos para conquistar os sonhos e objetivos desejados.

Por exemplo, ao manter um controle eficiente das suas finanças, uma empresa pode se planejar para crescer com segurança ou montar uma reserva de emergência para manter a sobrevivência do negócio diante de imprevistos.

Já uma pessoa pode alcançar a liberdade financeira por meio de um controle eficiente do seu dinheiro. Ela também pode se organizar para fazer aplicações de modo a aumentar o seu patrimônio no futuro. Portanto, o controle financeiro é determinante para alcançar diversos objetivos.

Quais as vantagens de ter um controle financeiro eficiente?

Entendeu o que é controle financeiro? Agora fica mais fácil descobrir a sua importância. Uma das vantagens é que ele permite a alocação mais eficiente dos recursos. Isso porque, durante a análise, é possível saber exatamente como a sua renda está distribuída.

Então você pode identificar quais categorias de despesas recebem a maior parte do seu dinheiro. Ainda, é possível avaliar se algumas delas, eventualmente, não trazem sensação de bem-estar ou retornos satisfatórios. Assim, se torna mais fácil repensar suas escolhas para alocar de forma eficiente os seus recursos.

Ter controle financeiro também permite se preparar para o futuro e evitar problemas financeiros. Ao fazer um planejamento de longo prazo com base nas estimativas de ganhos e gastos será possível identificar déficits no orçamento e, então, se programar para contornar a situação.

Por fim, ele ajuda a prevenir dívidas que possam colocar você em desorganização ou prejuízo. Afinal, ter consciência da sua disponibilidade financeira permite evidenciar qual é o limite de compromissos que você pode assumir sem se endividar.

Como ter um bom controle financeiro?

Depois de entender quais são as vantagens proporcionadas pelo controle financeiro, é o momento de saber como colocá-lo em prática.

Então veja a seguir como fazer um controle financeiro eficiente por meio de um passo a passo simples!


Começando a investir? Obtenha agora um ebook grátis com 4 dicas de investimentos


Registre todas as movimentações financeiras

O primeiro passo para o controle é registrar todas as movimentações financeiras. Para montar esse orçamento, você precisa saber exatamente quais são suas receitas e despesas. Elas podem ser organizadas conforme categorias para facilitar a análise dos custos.

Por exemplo, no caso de um orçamento familiar, as despesas da casa podem ser classificadas como moradia, alimentação, saúde, educação etc. Na empresa, elas podem ser categorizadas como fixas ou variáveis, regulares ou extraordinárias — ou, ainda, administrativas ou operacionais.

Estabeleça as suas prioridades

Após conhecer sua realidade financeira — ou do seu negócio —, ao registrar todas as movimentações, é hora de estabelecer suas prioridades. Por isso, pense nos seus sonhos ou objetivos. Isso é importante porque ajuda a manter o foco e nortear suas próximas ações.

Assim, você deve definir um objetivo que seja claro e coerente com a sua realidade financeira. Um exemplo é montar uma reserva de emergência para lidar melhor com os imprevistos que venham a aparecer.

Faça projeções para o curto, médio e longo prazo

Depois de saber quais são os seus objetivos financeiros, é preciso definir metas e prazos alinhados a eles. Para entender melhor, suponha que seu plano seja construir uma reserva de emergência. O valor necessário deve equivaler a, pelo mesmo, 6 meses das suas despesas mensais.

Logo, você já sabe o quanto precisa alcançar. Então pode definir em quanto tempo deseja montar a reserva e calcular qual será a quantia a ser guardada mensalmente até atingir a meta. Caso não tenha recursos o suficiente, poderá pensar em estratégias para economizar ou ganhar mais.

Veja onde é possível economizar

O próximo passo para um bom controle financeiro é entender como economizar, caso seja necessário. Para isso, volte aos registros de suas movimentações financeiras e reflita sobre quais despesas podem ser reduzidas ou mesmo cortadas.

Mas é preciso fazer isso com inteligência, para não afetar demais sua qualidade de vida. Nesse momento, estabelecer metas de economia pode ajudá-lo a alcançar o valor estipulado mensalmente. Por exemplo, tentar reduzir 10% da conta de energia elétrica.

Reserve dinheiro para as despesas anuais

Para você ter um controle financeiro eficiente é importante pensar nas despesas anuais. Dessa forma, é possível evitar o aumento significativo de gastos em determinados períodos — o que poderia comprometer suas finanças.

Então anote as despesas projetadas para o futuro e reserve uma quantia mensal para quitá-las. Para a pessoa física, IPTU, IPVA e material escolar são exemplos de despesas anuais. Já nas empresas, é possível citar o décimo terceiro salário, pagamento de férias e distribuição de lucros.


Quer investir com a ajuda de um especialista? Receba o auxílio gratuito de um assessor de investimentos


Invista suas economias para potencializar seu dinheiro

Depois de seguir esses passos, você terá dinheiro sobrando, certo? Assim, é preciso saber onde guardar esse montante. O ideal é investir, de modo que essas economias possam ajudá-lo a conquistar seus sonhos e objetivos.

Com diversas opções de investimento disponíveis no mercado financeiro, você poderá escolher aquelas que estejam mais alinhadas ao seu perfil de investidor, objetivos e disponibilidade de orçamento. Desse modo, será possível fazer o seu dinheiro render e se multiplicar.

Como você viu, ter um controle financeiro eficiente pode ajudar pessoas e empresas a ter maior tranquilidade em relação ao dinheiro e a evitar endividamentos. Por isso, adote essa ferramenta no seu cotidiano e aproveite o que ela pode proporcionar!

Está pronto para começar a cuidar do seu dinheiro, mas não sabe como registrar suas informações financeiras? Confira 4 aplicativos financeiros que podem auxiliar a controlar suas finanças de maneira eficaz.


Calculadora de IR